Uma leitura crítica em avaliação da composição corporal – Avaliação da capacidade preditiva da bioimpedância tetrapolar segmentada vertical na detecção do excesso de peso em adolescentes

Neste POST, em vez de apresentar somente um artigo, selecionamos um artigo que recebeu algumas críticas em uma carta ao editor, além da réplica dos autores às referidas críticas.
O artigo em questão foi publicado no Jornal de Pediatria, importante periódico científico brasileiro na área da saúde, sob o título “Avaliação da capacidade preditiva da bioimpedância tetrapolar segmentada vertical na detecção do excesso de peso em adolescentes”. Em edição posterior do mesmo periódico foi publicada uma Carta ao Editor tecendo uma série de considerações o conteúdo do artigo e questões conceituais importantes em avaliação por bioimpedanciometria. No mesmo número os autores do artigo dão suas explicações para a referida carta.
Considerando a importância de uma boa discussão acadêmica para o crescimento de todas as áreas do conhecimento humano, trazemos aqui estes três textos para que o leitor possa tirar suas próprias conclusões.
Se restarem dúvidas, fiquem à vontade para enviarem seus comentários ou questionamentos.

Boa leitura!

Visualize o artigo na íntegra clicando no link a seguir:

Avaliacão da capacidade preditiva da bioimpedância tetrapolar segmentada vertical na detecção do excesso de peso em adolescentes

Visualize a carta enviada ao editor com os questionamentos para o autor:

Carta ao Editor

Visualize a resposta do autor sobre os questionamentos:

Resposta do Autor

 

Aproveite e se inscreva no nosso canal, ative as notificações e fique por dentro nos nossos vídeos sobre composição corporal, avaliação física, utilização de produtos e equipamentos.


Curta nosso Blog e Siga a Sanny nas Redes Sociais
error

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*