Lopes et al., 2015 – Comparação de três equações para predição da gordura corporal por bioimpedância em jovens obesas

Uma dúvida comum entre profissionais da área da saúde que atendem adolescentes com sobrepeso ou obesidade diz respeito a que equação utilizar para avaliar a composição corporal por bioimpedância.

Embora a maioria dos aparelhos de bioimpedância disponíveis no mercado não permitirem a escolha da equação preditiva, quando isto é possível, é preciso ter evidências da validade das equações disponíveis.

Este estudo de Lopes et al. (2015) faz uma análise de três das equações mais utilizadas para avaliar adolescentes do sexo feminino com sobrepeso ou obesidade, utilizando a DEXA como padrão, e verifica melhores resultados com a equação de Houtkooper et al. (1985).

Boa leitura!

Visualize o artigo na integra clicando no link a seguir:

Lopes et al., 2015 – Comparação de três equações para predição da gordura corporal por bioimpedância em jovens obesas

Redes Sociais
Facebook Sanny
Instagram Sanny

Aproveite e se inscreva no nosso canal, ative as notificações e fique por dentro nos nossos vídeos sobre composição corporal, avaliação física, utilização de produtos e equipamentos.

Curta nosso Blog e Siga a Sanny nas Redes Sociais
error

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*